20140330

Curso SUPERAR OBJEÇÃO AO PREÇO E AGILIZAR FECHAMENTO DAS VENDAS

Curso SUPERAR OBJEÇÃO AO PREÇO E AGILIZAR FECHAMENTO DAS VENDAS.
www.ncm.com.br

Dia 24 de Abril, em São Paulo. Das 09:00 as 18:00 horas

Público alvo: Profissionais responsáveis por resultados nas vendas e negociações de produtos e serviços.

Neste workshop você terá conteúdo e muita prática.

Programa:
• Como evitar que o cliente só enxergue o preço
• Como usar a precificação para diminuir a sensibilidade ao preço
• Como usar a tática da oscilação alternativa para superar objeção ao preço
• Como executar a tática de decompor dimensões de diferenciações
• Como usar a ruptura conectiva, para exaltar o desejo de ganhar e medo de perder
• Como usar a tática de uniformizar preço para cristalizar relevância
• A técnica do SIM e NÃO para estimular o fechamento
• Perguntas de empatia que fecham vendas
• Como falar negativamente para obter resultados positivos valorizando preço e acelerando o fechamento
• Perguntas poderosas de fechamento
• Palavras e expressões poderosas que conduzem ao fechamento
• Como estimular o impulso de fechamento
• Mais de trinta táticas comprovadas de fechamento para produtos e serviços.

Você estará em contato com Narciso Machado, diretor da NCM Consultores, profissional experiente, requisitado por empresas para desenvolver estratégias diferenciadas para produtos e serviços com vendas complexas e mercados disputados.

Você vai investir na sua equipe e terá retorno com melhores resultados nos negócios.
Os participantes receberão: Roteiro com todas as fases e argumentos para Superar Objeções ao Preço. Relação detalhada das fases para conduzir abordagem de vendas com foco em agilizar o fechamento. Demonstração, análise e debates de casos reais.

Você não pode perder esta oportunidade para conhecer táticas e estratégias de preço e fechamento das vendas, para melhorar a performance dos negócios da sua empresa.

Para informações entre em contato: Fone 19- 3886 1103 - www.ncm.com.br

20140326

Empresas tentam se defender de fraudes em anúncios digitais

Bilhões de dólares estão fluindo para a publicidade on-line.
Mas os profissionais de marketing se confrontam com uma incômoda realidade: a fraude desenfreada.

Cerca de 36% de todo o tráfego da internet nos Estados Unidos é considerado falso, fruto de computadores sequestrados por vírus e programados, à revelia dos usuários, para visitar sites, segundo estimativas citadas recentemente pelo Interactive Advertising Bureau, ou IAB, grupo setorial do mercado de publicidade interativa.

Os bots (contração de "robots", ou robôs, como essas aplicações de simulação de tráfego são chamadas) enganam os anunciantes porque estes geralmente pagam por anúncios que são acessados por usuários que visitam páginas na internet — independentemente de os usuários serem pessoas reais ou não.

Os fraudadores criam sites com tráfego falso e coletam pagamentos de anunciantes através de intermediários que reúnem espaço publicitário de muitos sites e os revendem. É difícil identificar os fraudadores, que costumam atuar a partir de lugares remotos como o Leste Europeu, dizem especialistas em segurança.

A fraude generalizada não está desencorajando a maioria dos profissionais de marketing a ampliar a fatia do orçamento para a internet. Mas está fazendo com que alguns monitorem como o dinheiro é gasto mais agressivamente. A internet se tornou tão central para os consumidores que os anunciantes não podem se dar ao luxo de ficar de fora.

O digital "é muito importante", diz Roxanne Barretto, vice-presidente assistente da L'Oréal SA para marketing digital nos EUA, que descobriu recentemente provas de que uma compra de anúncios on-line foi comprometida por fraudes e outros problemas. "Diminuir os gastos significa perder oportunidades de se conectar com sua principal audiência."

Os gastos com propaganda digital nos EUA — inclusive redes sociais e dispositivos móveis — devem subir quase 17% este ano, para US$ 50 bilhões. A cifra corresponde a cerca de 28% do total gasto com anúncios no país, contra 16% há cinco anos. No Brasil, segundo a empresa eMarketer, esses gastos devem aumentar 28% neste ano ante 2013, para US$ 3,19 bilhões.

A grande pergunta é se as atitudes vão mudar caso haja sinais de que a fraude está aumentando. Vivek Shah, diretor-presidente da Ziff Davis Inc. e presidente do conselho do IAB, disse na conferência anual do grupo, em fevereiro, que a publicidade estava enfrentando uma "crise".

Grandes anunciantes concluíram que algumas de suas compras de anúncios on-line foram afetadas por tráfego falso, segundo fontes. Isso ameaça minar a confiança na eficácia do meio digital comparado a mídias convencionais, como a televisão.

"Quando você junta bots, cliques falsos, visibilidade e a falta de transparência [na compra automatizada de anúncios], o total da equação de valor da mídia digital começa a ser questionado", diz Bob Liodice, diretor-presidente da Associação Nacional dos Anunciantes. Os anunciantes estão começando a questionar se deveriam aumentar seus orçamentos para anúncios digitais, acrescenta.

"Os clientes com quem trabalhamos adorariam gastar mais em [mídia] digital", diz Quentin George, um dos fundadores da consultoria de anúncios digitais Unbound. "Mas até oferecermos a eles mais controle e transparência com relação a como o dinheiro está sendo gasto, eles vão continuar a ter dúvidas e segurar o dinheiro."

Considerando o tempo que os consumidores gastam em dispositivos móveis, redes sociais e na internet, as lojas digitais deveriam estar conquistando um percentual bem maior dos orçamentos publicitários, diz ele. Muitos fatores afetam o tamanho dos orçamentos digitais, incluindo não apenas fraudes, mas também as dificuldades em medir a audiência, dizem executivos.

Muitos executivos somente agora estão compreendendo a realidade da fraude. Parte do problema é que as estimativas das fraudes on-line são difíceis de serem definidas com precisão. A White Ops, firma especializada em detectar fraudes em anúncios, divulgou em 2013 que, só nos EUA, os fraudadores roubaram cerca de US$ 6 bilhões.

Poucos anunciantes afirmam que planejam reduzir a publicidade on-line. Mas eles estão adotando uma postura mais ativa no monitoramento do que estão obtendo e exigindo reembolso no caso de descoberta de fraude. Recentemente, a Verizon Wireless e a L'Oréal, entre outras, solicitaram espaço gratuito para compensar gastos com publicidade que foram inflados pela fraude, dizem executivos.

Os anunciantes também estão fechando acordos pelos quais pagam apenas com base em evidências concretas de que os consumidores acessaram seus produtos e serviços. E estão recorrendo a firmas de auditoria de anúncios on-line para identificar tráfego falso.

A investigação da empresa Telemetry sobre as compras de anúncios da telefônica americana Verizon encontrou mais de US$ 1 milhão em fraude, dizem pessoas a par do tema. A Verizon pediu às grandes bolsas e redes de anúncios que lhe dessem espaço gratuito para compensar a fraude, dizem as pessoas. "Nós usamos vários métodos diferentes para garantir que não ocorram fraudes", disse uma porta-voz da Verizon.

A L'Oréal, que usa os serviços da Telemetry e de outras firmas, afirmou que descobriu que alguns dos seus anúncios digitais tinham sido afetados pelos bots. Ela também descobriu outras coisas, como que seus anúncios estavam sendo vistos por pessoas fora dos EUA, ou seja, que não faziam parte do seu público-alvo.

Nem todos os bots são usados para fraude. O Google Inc., por exemplo, os usa para encontrar informação na internet.

A Verizon e a L'Oréal têm reformulado seus contratos de mídia para garantir que estão protegidas contra fraudes em anúncios on-line, como anúncios de vídeo sem som e armadilhas como o bot. Segundo a empresa de cosméticos, a nova linguagem contratual adotada tem permitido que a L'Oréal consiga espaço publicitário gratuito como forma de compensação por fraude e outros problemas.

A GM contratou a White Ops para auditar algumas de suas compras de publicidade on-line, dizem pessoas a par do tema. A montadora encontrou evidências de que alguns de seus anúncios haviam sido acessados por bots, disse uma pessoa. "Estamos cientes das preocupações dentro da indústria sobre fraudes em anúncios e estamos trabalhando para combater esses receios", diz uma porta-voz.

A Coca-Cola Co. está prestes a contratar a White Ops para que faça uma checagem em suas compras de anúncios nos EUA. E a Lenovo Group Ltd. também planeja algo parecido. "Basicamente, isso é uma questão de redução de perdas", diz Gary Milner, diretor global de marketing digital da fabricante de computadores. Fonte The Wall Street Journal.

www.ncm.com.br

20140322

Hotéis investem em suítes luxuosas para atender a demanda crescente

A suíte Grande Manor House Wing, do hotel Rosewood, em Londres, tem 585 metros quadrados e diária de US$ 41.500.

Ter uma única suíte presidencial espetacular costumava ser o suficiente para hotéis de luxo. Agora, os hotéis estão recebendo hóspedes demais querendo brincar de presidente.

As suítes estão vivendo um boom. Com níveis de ocupação e tarifas crescentes, os hotéis de luxo estão indo muito bem. Um número cada vez maior de visitantes endinheirados percorrendo o mundo — aliado à tendência das viagens em família, com membros de várias gerações — está estimulando uma alta rotatividade nos espaços mais amplos e elegantes dos hotéis.

O Rosewood Hotels & Resorts está aumentando a percentagem de suítes em seus resorts, de cerca de 30% para mais de 40% do total de quartos, por causa da demanda, diz o diretor-superintendente da cadeia, Radha Arora. No Mandarin Oriental, de Barcelona, as suítes têm uma taxa de ocupação de cerca de 80%, superior à taxa dos quartos regulares. Agora, o hotel está adicionando um anexo em que 17 dos 22 novos quartos serão suítes. Já o Peninsula Hotels e a marca de luxo St. Regis, do Starwood Hotels & Resorts Worldwide Inc., estão aumentando o número de suítes à medida que constroem novos hotéis e reformam os já existentes.

A atividade está aumentando até no topo da hierarquia das suítes. Contar apenas com uma suíte grande e uma série de suítes menores já não resolve. Depois que o Maybourne Hotel Group construiu, no seu hotel Connaught, uma suíte de 279 metros quadrados e dois quartos rodeada por uma sacada com vista para o bairro de Mayfair, em Londres, ele não conseguiu mais saciar a demanda pelo cômodo, cuja diária custa US$ 23.900.

"Temos sidos forçados a decepcionar as pessoas" porque está cheio, diz o diretor-presidente do Maybourne, Stephen Alden. Alguns hóspedes acabaram migrando para a concorrência. Por isso, a empresa construiu rapidamente mais duas suítes "temáticas", a Biblioteca e a Terraço. "Faz parte da sustentação do negócio no longo prazo", diz Alden.

Apesar das suítes não serem, em geral, reservadas tão frequentemente quando quartos regulares, elas são geralmente muito rentáveis. Além de diárias de cair o queixo, hóspedes de suítes tendem a ficar mais tempo, voltar com mais frequência e gastar muito dinheiro em tratamentos de spa, serviços de quarto e organização de festas, entre outros.

E agora as pessoas geralmente pagam a diária de tabela. No passado, os hotéis costumavam usar suas melhores suítes como ofertas especiais para grupos que reservam reuniões grandes ou como um incentivo aos clientes mais fiéis.
"Essas suítes precisam ser a galinha dos ovos de ouro", diz Thomas Steinhauer, gerente geral do novo Four Seasons, em Orlando, Flórida. O hotel, previsto para abrir em agosto, terá 68 suítes entre os 444 quartos, incluindo uma suíte real que pode se expandir para um espaço de nove quartos.

Os hotéis de luxo, em geral, já se recuperaram das profundezas da recessão. A taxa de ocupação em hotéis de luxo chegou a 74,6% em 2013, acima dos 63,7% de 2009, segundo dados da STR Inc.

Empresas hoteleiras informam que a demanda por suítes está ligada em parte à preocupação crescente com a privacidade. É cada vez mais comum encontrar andares ou alas inteiras que podem ser bloqueados e acessados separadamente, características cobiçadas por estrelas de Hollywood tentando evitar os paparazzi e famílias que viajam em um grande número de pessoas.

Em fevereiro, o Ritz-Carlton, de Dallas, criou uma nova "ala de privacidade", um espaço de 510 metros quadrados com uma entrada privativa que inclui a suíte superior do hotel, duas suítes menores e dois outros quartos regulares por uma diária de US$ 7.500.

As suítes também estão sendo reinventadas. O estereótipo do cômodo grande com um vasto espaço vazio e candelabros ornamentados está ficando fora de moda.

No passado, "era quase como uma sala de espera da realeza", diz Paul James, líder global de marca para as redes St. Regis, Luxury Collection e W, da Starwood. "Você encontrava muitos dos óbvios sinais de luxo, o dourado, o trabalho de bronze, o mármore." Agora, as suítes maiores "devem fazer você sentir como se estivesse numa casa chique", diz. Isso pode significar a mesma quantidade de espaço, mas usado de forma mais prática, com mais quartos comunicantes, banheiros adicionais e guarda-roupas maiores, acrescenta.

As suítes também estão sendo reconfiguradas com mais flexibilidade, de modo que os hotéis possam adicionar ou subtrair quartos com base na demanda de hóspedes. Isso pode aumentar a ocupação e impedir que suítes grandes demais ou pequenas demais acabem vazias.

De fato, o Rosewood Londres chama suas seis principais suítes de House Suites (algo como suíte-casa, em inglês). A maior delas, a Grande Manor House Wing, tem 585 metros quadrados, uma entrada privativa que dá para a rua, um elevador privado e seu próprio código postal. A suíte, com seis banheiros de mármore, três salas e dois closets, e materiais peculiares, como um teto de crina de cavalo e azulejos de lã de alpaca, custa US$ 41.500 a diária.

Se por um lado serviços adicionais como mordomo e carros do hotel têm sido oferecidos há tempos, hotéis estão adicionando serviços mais elaborados para diferenciar as suítes dos quartos regulares — e para justificar os preços altos. O Las Ventanas al Paraiso, um hotel do Rosewood que fica em San José del Cabo, México, abriu 12 vilas independentes em dezembro, com piscinas e praias privativas pelo preço inicial de US$ 4.500 por noite. Os hóspedes da suíte superior, que logo será inaugurada, serão recebidos com fogos de artifício. Fonte The Wall Street Journal.

www.narcisomachado.com.br

20140319

Consultoria Soluções para o perfil da sua empresa

Consultoria Revitalizar, inovar, tornar a empresa mais ágil e competitiva
www.ncm.com.br

As empresas têm ciclo de vida próprio, que varia de intensidade dependendo da forma de gestão, ramo de atividade, tipo de produto e serviço.

Os serviços de revitalização da NCM possibilitam o desenvolvimento de melhorias em áreas que necessitam de resultados imediatos como comercialização, distribuição, organização e produção com implantação e execução de ações com inovação, qualidade e competitividade.
www.ncm.com.br

20140317

Garotas 'mandonas' são líderes natas

Garotas 'mandonas' são líderes natas
www.narcisomachado.com.br
Nós éramos meninas mandonas.

Sheryl: Quando meu irmão e minha irmã descrevem a nossa infância, eles dizem que eu organizava a brincadeira das outras crianças ao invés de brincar. Em um discurso na festa do meu casamento, eles se apresentaram assim: "Oi, nós somos os irmãos menores da Sheryl [...] mas na realidade não somos seus irmãos menores, fomos os seus primeiros empregados."

Desde muito pequena, eu gostava de organizar, dos brinquedos no meu quarto até o clube da escola. Quando estava no colegial e concorri nas eleições como vice-presidente da minha classe, um dos meus professores chamou a minha melhor amiga e a aconselhou a não seguir o meu exemplo: "Ninguém gosta de menina mandona", alertou ele. "Você deveria procurar outra amiga para ter um melhor exemplo."
Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook.

Anna: A comunidade latina da minha infância tinha claras expectativas para cada sexo: os homens tomam as decisões e as mulheres desempenham papéis secundários. Meus irmãos e eu gostávamos de brincar de guerra com as crianças do bairro. Cada um tinha uma função na equipe para se preparar para a batalha. Como eu era a única menina, sempre me mandavam buscar a munição (frutos vermelhos de árvores da região). Um dia anunciei que queria liderar o batalhão. Os meninos responderam: "Anna, você é muito mandona; todo mundo sabe que uma mulher não pode comandar as tropas."

Felizmente, eu tive o exemplo da minha mãe, que rompeu barreiras quando se candidatou para trabalhar no conselho da escola do bairro. Uma das memórias mais vívidas da minha infância é a de ouvir as pessoas dizendo ao meu pai que não era apropriado para a mulher dele se candidatar ao cargo [...] e o meu pai respondendo que ele não concordava e que na verdade sentia muito orgulho dela.

Apesar de termos tido origens diferentes, nós duas ouvimos a mesma mensagem, seja de forma clara ou implícita: Não seja mandona. Não faça muitas perguntas. Fale baixo. Não lidere.
Anna Maria Chávez, presidente das escoteiras dos EUA.

Por mais de um século, a palavra "mandona" teve uma conotação negativa para as mulheres. Por trás dela, estão estereótipos profundamente arraigados sobre gênero. Dos meninos se espera que sejam firmes, seguros, que saibam o que querem, enquanto as meninas devem ser boazinhas, amáveis e sensíveis. Quando um menino assume a liderança na sala de aula ou em um jogo, ninguém fica surpreso ou ofendido. Isso é esperado. Mas quando uma menina faz o mesmo, ela é geralmente criticada.

Como vamos conseguir nivelar o jogo para as meninas e mulheres quando nós mesmos não as incentivamos a terem a postura que as fará chegar lá?

Os cientistas sociais há muito estudam como a linguagem afeta a sociedade e descobriram que até mesmo as mensagens mais sutis podem ter um enorme impacto nas metas e aspirações das meninas. Quando chamamos uma menina de "mandona" isso prejudica não só a sua capacidade de enxergar-se como uma líder, mas também influencia a forma como ela é tratada por outras pessoas. Segundo dados de um estudo sobre a saúde de adolescentes nos Estados Unidos, os pais de alunos do sétimo ano do ensino fundamental dão mais importância à liderança dos filhos do que das filhas. Outros estudos determinaram que os professores interagem com mais frequência com os meninos durante a aula do que com as meninas.

Não é de se estranhar que na escola secundária as meninas estejam menos interessadas em liderar do que os meninos. As meninas do sexto e do sétimo ano consideram ser populares e queridas como uma característica mais importante do que ser competentes ou independentes, ao passo que os meninos valorizam mais a competência e a independência, segundo um estudo da Associação Americana de Mulheres Universitárias. Uma pesquisa realizada nos EUA em 2008 com o clube de escoteiros, em que quase 4.000 meninos e meninas participaram, revelou que as meninas de 8 a 17 anos evitam posições de liderança por medo de serem rotuladas como "mandonas" e serem detestadas pelos colegas.

E "mandona" é apenas o começo. À medida que as meninas amadurecem, as palavras podem mudar, mas o significado e impacto continuam sendo os mesmos. As mulheres que se comportam de maneira firme são chamadas de "agressivas", "bravas", "histéricas" e "excessivamente ambiciosas". Homens poderosos e bem-sucedidos geralmente são valorizados, mas quando mulheres alcançam poder e sucesso, a reação, tanto de homens quanto das mulheres, é apreciá-las menos.

Até mesmo as nossas líderes femininas mais famosas e bem-sucedidas não conseguem superar esses insultos. Uma assessora de política exterior descreveu a ex-primeira ministra britânica Margaret Thatcher como a "inglesa mandona e intrometida". Susan Rice, a conselheira de segurança dos EUA, foi descrita por um colega diplomata como alguém com "atitude mandona" e Sonia Sotomayor, juíza da Suprema Corte americana, já foi descrita por advogados como "difícil" e "detestável".

A frase "ambiciosa demais" é atribuída a mulheres em cargos de liderança, de Madeleine Albright a Hillary Clinton, e perpetua os nossos piores estereótipos. A juíza da Suprema Corte dos EUA Sandra Day O'Connor, hoje aposentada, tem uma almofada bordada com a frase: "Não sou mandona. Só tenho ideias melhores."

Isso não afeta somente as mulheres nos níveis mais altos de poder. Durante o ano passado, eu (Sheryl) viajei por todo o mundo para falar sobre o meu livro "Faça Acontecer". De Pequim a Minneapolis, pedi a grupos de homens e mulheres que levantassem as mãos se eles já haviam sido chamados de "muito ambiciosos" no trabalho. Em várias ocasiões, alguns homens levantaram a mão, enquanto que a grande maioria das mulheres levantava uma e até as duas mãos.

Estes estereótipos acabam virando profecias que se realizam automaticamente. Apesar de receber a maior parte dos diplomas universitários, as mulheres representam apenas 19% do Congresso dos EUA, 5% das presidências executivas das 500 maiores empresas na lista da revista "Fortune" e 10% dos chefes de Estado. A maioria dos cargos de chefia ainda é ocupado por homens. Por este motivo, a sociedade continua a esperar que a liderança se pareça e atue de forma masculina e reage negativamente quando as mulheres lideram.

A grande ironia é que as chamadas mulheres mandonas são grandes líderes. E nós precisamos de bons líderes. Nosso crescimento econômico depende de ter mulheres totalmente engajadas na força de trabalho. As nossas empresas têm um melhor desempenho quando têm mais mulheres na equipe gerencial. E nossos lares são mais felizes quando homens e mulheres compartem as responsabilidades de forma mais equitativa.

Está na hora de acabar com o discurso de gênero que desencoraja as meninas desde pequenas. Então, a próxima vez que você ouvir alguém chamar uma menina de "mandona", siga o conselho de Norah O'Donnel, apresentadora do canal americano de televisão CBS: Sorria, respire fundo e diga: "Essa menina não é mandona. Ela tem habilidades de liderança executiva."

Sandberg é diretora de operações do Facebook e fundadora da organização de liderança feminina LeanIn.Org. Chávez é diretora-presidente do Girl Scouts, o clube de escoteiras dos EUA.

Na universidade de Howard, perguntei a um grupo de mulheres se elas já tinham sido chamadas de "mandonas" durante a infância. No meio de várias mãos levantadas, uma delas gritou, "Só durante a infância? Que tal na semana passada!" Fonte The Wall Street Journal.

www.narcisomachado.com.br

20140314

Curso: LIDERANÇA - Mudança Transformação Visão Estratégica

www.ncm.com.br
Curso: LIDERANÇA - Mudança Transformação Visão Estratégica

Objetivo
• Como liderar na nova realidade mundial
• Quais são as qualidades e habilidades essenciais do líder da nova geração
• Como liderar tornando a empresa um organismo inteligente
• Como obter os melhores resultados através das pessoas
• Como distinguir líderes autênticos
• Como desenvolver líderes focados no cliente
• As organizações serão desafiadas como nunca a buscar soluções e desenvolver alternativas para preservar sua competitividade.
• Num ambiente como este, são as pessoas e a maneira de liderá-las que farão a diferença e determinarão o sucesso nos negócios.
• É através de equipes coesas e em sua mais alta performance que as empresas poderão identificar e aproveitar oportunidades, otimizar os negócios e posicionar-se em um novo patamar competitivo.

Foco: Visão Estratégica – Mudança – Transformação – Inovação

Conteúdo
• A nova realidade mundial exige das pessoas de todas as áreas novos desafios, mudanças, reavaliação do cenário para o efetivo aproveitamento de tendências e oportunidades emergentes.
• Este curso mostra como as lideranças devem alinhar praticas e conceitos inovadores.
• O conhecimento e o treinamento de sistemático de líderes e gestores são diferenciais determinantes para a execução da sua estratégia competitiva e podem representar o diferencial para o sucesso nos negócios.
• Temas essenciais para a atualização de conceitos, com demonstração de cases e práticas comprovadas por instituições e empresas que fazem a diferença no mundo corporativo

Público Alvo:
• Lideres, diretores, executivos, empreendedores, intraempreendedores, pessoas que lideram equipes de trabalho com foco em visão estratégica e resultados

Carga horária: 8 horas - Instrutor: Narciso Machado

Programa
• Como novos conceitos de liderança podem tornar a empresa um organismo inteligente
• Quais são as qualidades que definem um grande líder
• Quando a liderança faz a máxima diferença
• Como desenvolver sua liderança para obter grandes resultados

DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES FOCADOS NO CLIENTE
• Como transmitir o foco estratégico de forma efetiva
• O líder como estrategista
• O líder como executor
• O líder como gestor de talentos
• O líder como desenvolvedor de capital humano
• O líder como exemplo pessoal e profissional
• Como liderar com foco estratégico no cliente
• Como desenvolver a Marca da Liderança com foco no cliente
• Como criar um clima de envolvimento dos liderados com a organização, a marca, produtos e serviços ao cliente
• É a pessoa na cúpula ou é a equipe que faz a diferença
• Como desenvolver lideranças em seu próprio time
• O que motiva as pessoas a trabalhar com afinco
• O que os líderes podem fazer para motivar contribuições produtivas e inovadoras
• Quais são os melhores planos de trabalho, planos de remuneração e métodos de promoção
• O que é necessário para tomar decisões bem fundadas na hora certa
• Quais são os maiores empecilhos para tomar boas decisões
• Qual é o equilíbrio certo entre decisões individuais e em equipe
• Como promover o bom discernimento de todas na organização

COMO CONSTRUIR E LIDERAR UMA ORGANIZAÇÃO
• Quais são as melhores arquiteturas organizacionais e culturas compartilhadas para concentrar a energia da com resultados positivos
• O que é preciso para criar uma liderança eficaz
• O que as organizações podem fazer para promover liderança entre os funcionários
• Qual é a maneira de uma organização aplicar a liderança em época de mudanças e incertezas

AS QUALIDADES E HABILIDADES ESSENCIAIS DO LÍDER DA NOVA GERAÇÃO
• Liderança em um contexto em constante transformação
• Liderança na nova ordem mundial – meio ambiente – energia – economia – ação social
• Liderança em todos os níveis da empresa
• Como aproveitar o espírito, a criatividade e a inteligência coletiva da equipe
• Como liderar de modo a criar condições para que as empresas se tornem organismos inteligentes gerando resultados estratégicos
• Novos modelos de colaboração em um mundo interdependente
• Como liderar a implementação do pensamento sistêmico na empresa para superar as limitações dos profissionais
• O poder do diálogo e o papel do líder
• O futuro da liderança

COMO CONSEGUIR RESULTADOS EXTRAORDINÁRIOS COM PESSOAS
• As pessoas e a cultura como fontes importantes do sucesso organizacional
• Por que muitas empresas não implementam as melhores práticas de gestão de pessoas
• Como harmonizar a estratégia do negócio e as práticas de liderança e gestão para obter alinhamento e consistência
• Como construir uma organização capaz de experimentar e aprender, na qual as pessoas saibam assumir riscos com prudência
• Como líderes eficazes entendem a importância das emoções e de envolver o coração das pessoas, não apenas a mente
• Como eliminar o medo dentro da organização
• Quais são as habilidades de liderança necessárias para obter o envolvimento dos funcionários e reter talentos

REDESCOBRINDO OS SEGREDOS DA CRIAÇÃO DE VALOR
• Existe uma crise de liderança no mundo empresarial?
• O que provoca a falta de confiança nos líderes empresariais?
• Por que a liderança baseada em “comando e controle”, não funciona mais
• Surge o novo líder – “o líder autêntico”
• Com o novo líder consegue motivar e liderar as pessoas
• Como alinhar pessoas em torno de um conjunto de valores e propósitos comuns
• Por que o hoje o líder autêntico precisa conceder autonomia às pessoas para que elas próprias possam liderar em todos os níveis da organização
• Como distinguir pessoas com perfil genuinamente de liderança
• Equipes necessitam de lideres que integram e motivam em momentos cruciais
• Por que os lideres às vezes se perdem pelo caminho

GESTÃO DA LIDERANÇA
• Como administrar as mudanças em um mundo complexo
• Os novos fatores e tendências para garantir o alto desempenho
• A gestão da mudança e a necessidade da empresa inovar para manter a competitividade
• Organizações e ambientes em movimento: economia mundial, redes de relacionamento, meio ambiente, pressão para mudar
• Como sobreviver aos ciclos do ambiente de negócios, reforçar a confiança e reter talentos
• Como equipes de alto desempenho lidam com situações difíceis
• Adquirindo confiança para vencer: como os melhores líderes se preparam para o futuro
• As diferenças entre vencedores - perdedores – responsabilidade – colaboração – proatividade – adaptabilidade
• Como colocar o propósito no coração da estratégia
• Liderança inovadora
• Como liderar num mundo reconfigurado
• O líder de vanguarda - estrategista para alianças globais
• Como entender as mudanças externas e antecipar-se a elas
• Como traduzir a estratégia em prioridades e ações precisas
• Como capacitar pessoas e a organização para a velocidade e a flexibilidade
• Como unir pessoas, estratégias e operações

COMO DECIDIR
• Por que o discernimento é essencial para tomada de decisões
• Como estabelecer um processo, para decidir corretamente com consistência
• As fases do processo de discernimento: a preparação - a decisão - a execução
• Como identificar momentos cruciais de discernimento pessoal em 3 áreas críticas: pessoas – estratégia – crise
• Como reconhecer o momento crítico antes de uma decisão
• Como aperfeiçoar o seu discernimento e aumentar as chances de sucesso em suas decisões
• Como o surgimento de novas e poderosas tecnologias estão alterando radicalmente a natureza do trabalho, as fronteiras da empresa, a competição e as responsabilidades de seus líderes
• Como as empresas estão sendo pelas tecnologias sociais
• Quais são as novas ferramentas que facilitam a obtenção de conhecimentos, a coletivização da inteligência, a localização de expertise e a formação de redes sociais estratégicas para resultados efetivos
• Quais são as mudanças profundas que a tecnologia da informação provoca no modo como as empresas se organizam e realizam o seu trabalho e no modo como são geridas e lideradas
• Como os líderes podem utilizar essas tecnologias para reconfigurar a organização e inspirar as pessoas
• Quais são as características das lideranças em uma era de tecnologias de ruptura
• Como utilizar as tecnologias e abordagens da Web 2.0 para atingir metas de negócios na sua empresa

* Este treinamento é realizado exclusivamente In Company.
** Este programa esta disponível sob forma individualizada (Coaching) consulte-nos.
www.ncm.com.br

20140312

SAIA DO MARASMO

Saia do marasmo.
É preciso mudar. Agir, colocar estratégias em ação e sair do marasmo.
Estamos sendo desafiados sobre tudo naquilo que pensávamos que sabíamos a respeito de gestão e, frequentemente, achávamos que em teoria o mundo jamais chegasse à loucura que estamos vivenciando.
Na verdade, os tempos atuais exigem que a flexibilidade e a vocação pelas mudanças substituam nossa tradicional inclinação pela produção e comercialização para o mercado receptivo, não existe mais o ambiente relativamente previsível.
É preciso revitalizar a gestão da empresa:
- Revitalizar a visão estratégica;
- É preciso praticar mais a comunicação e a Co-Criação com equipes e clientes;
- Treinar equipes para enfrentar novos e surpreendentes concorrentes;
- Competitividade é a palavra chave;
- Desenvolver a percepção, atitude e persuasão das equipes para novas tendências comportamentais dos clientes;
- Colocar em execução estratégias e conhecimentos capazes de liderar clientes.
O mundo mudou, os clientes estão mudando, você vai ficar parado assistindo?

Narciso Machado
narciso@ncm.com.br
Consultoria Revitalização de Empresas - http://www.ncm.com.br/servicos/revitalizacao-de-empresas
Palestras para Empresas - http://www.narcisomachado.com.br/palestras/palestramudanca

20140311

Liderança como Influenciar e Cativar Pessoas

www.narcisomachado.com.br
Esta palestra vai mostrar como todos desejam e procuram o poder, alguns de forma discreta, outros de forma ostensiva e pública
• A necessidade de adquirir poder é inata no ser humano
• Esteja atendo você pode ser uma vítima
• Charme, persuasão, capacidade de criar ilusão, esses são alguns dos itens demonstrados no curso
• Você vai conhecer em detalhes: a figura atraente que é capaz de manipular, confundir e dar prazer, tudo ao mesmo tempo. E você poderá aplicar a técnica nos seus negócios
• Quando elevada ao nível da arte do Marketing Profissional, a sedução, uma forma sutil e indireta de poder, já derrubou impérios, venceu eleições e escravizou grandes mentes
• Poder e sedução aplicados aos negócios, vendas, atendimento e gestão de ativos de relacionamento comercial
• Uma arma indispensável para atingir a essência do sucesso nos negócios
• O poder e sedução move o mundo • Somos todos facilmente influenciáveis
• A personalidade sedutora • As vítimas do sedutor • Não confie demais • Oculte suas intenções
• Não construa fortalezas para se proteger • Não se comprometa • Use a tática da rendição
• Jogue com a necessidade que as pessoas têm de acreditar • Seja ousado • Desperte a fantasia das pessoas
• Domine a arte de saber o tempo certo • Agite as águas para atrair peixes
• Despreze o que não poder ter • Conquiste corações e mentes
• Evite ter uma forma definida • Estratégias arrasadoras de marketing do poder nos negócios
• Sedução sutil e indireta aplicada às vendas • Pratique a sedução sutil sem se deixar comprometer
• Aparente ser notícia, não publicidade • Fale a língua do alvo • Crie momentos
• Carisma é uma benção para poucos • Na falta de carisma use a inteligência
• Cheklist para execução do Marketing do Poder • Análise de situações reais com exemplos de aplicação com resultados positivos

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

Palestra MUDANÇA esteja sempre preparado para mudar

www.narcisomachado.com.br
As mudanças permanentes em nossa vida afetam a competitividade, eficiência, produtividade,
qualidade de vida, criam diferencias competitivos para pessoas e profissionais.
O mundo não para de mudar. Como você esta para enfrentar este turbilhão chamado mudança ?

Nesta palestra de forma desafiadora, mostramos como as pessoas e empresas precisam executar ações
para continuarem competitivas após as mudanças inevitáveis.

Aspectos abordados na palestra:
• Vivemos uma época de grandes mudanças e transformações em alta velocidade
• Mudar é uma constante em nossa vida pessoal e profissional
• Estar vivo é mudar, de momento a momento, de dia para dia.
• Você pega o que vem até você e você faz o que quiser, mudando o tempo todo.
• Nem sempre estamos preparados para mudar
• Algumas pessoas sentem-se como amaldiçoadas pelas mudanças que surgem pelo caminho.
• Outras sentem-se como abençoadas pelas oportunidades que as mesmas mudanças apresentam.
• Faz toda a diferença:
- a forma como você aceita a mudança
- a forma como você vive a mudança
- a forma como você escolher lidar com a mudança
• Dependendo da forma como vê a mudança, ela pode ser um motor para levá-lo tão alto quanto você se atreva a sonhar.
• Mudanças vêm continuamente e incansavelmente.
• Na verdade, elas são o que o mantém vivo e mantém a vida interessante.
• Pois é através da mudança que você pode chegar onde você deseja ir.
• Esteja preparado para aceitar as mudanças na sua vida pessoal e profissional.
• Você precisa desenvolver adaptabilidade às mudanças
• Mudança e competitividade são palavras chave
• Mudança e Trabalho em equipe
• Engajamento e comprometimento para enfrentar e aceitar mudanças
• Como melhorar a produtividade e eficiência da empresa, das pessoas e equipes após mudanças
• Comunicação eficaz. Brainstorming. Tempestade mental. Desperdício de tempo
• Mudanças afetam o mapeamento e controle do planejamento pessoal e profissional.
• Atividades que agregam valor e elementos que consomem valor
• O que é produção, produtividade e eficiência e a sua importância para a competitividade
• Mudanças, Ritmo de trabalho, habilidade e esforço, rotina de trabalho, tempos e métricas
• Avaliar a produtividade dos processos /pessoas e a importância de dar e receber feedback
• Produtividade x Eficiência, de nada adianta boa produtividade e baixa eficiência
• As mudanças e a produtividade através da história com situações reais de sucesso
• Na palestra mostramos processos de mudança, inovação, criatividade e como executar de forma eficiente.

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

20140310

Como sobreviver a uma teleconferência

A teleconferência é um dos rituais mais comuns na rotina do escritório — e um dos mais odiados.
www.ncm.com.br
Os abusos são comuns. As pessoas na linha com frequência interrompem quem está falando, distraem-se e perdem o bonde ou fazem várias tarefas ao mesmo tempo, esquecendo-se de ativar o modo "silencioso" enquanto conversam com os filhos ou ruidosamente tomam uma bebida.

A executiva de vendas Erica Pearce já viu teleconferências serem interrompidas por entregas da FedEx, crianças chorando e até pelo barulho do aspirador de pó de um colega limpando a casa. "Ninguém podia ouvir nada", diz ela sobre o aspirador de pó. Como estava liderando a reunião, disse: "Se você está limpando a casa, eu aprecio isso e você está convidado a limpar a minha casa mais tarde. Mas você precisa acionar o modo silencioso."

Outra teleconferência terminou quando um participante colocou a linha em modo de espera e, sem querer, acionou uma música entediante, diz Pearce, de Scottsdale, no Arizona, que é responsável pelas contas internacionais de uma empresa de software. Reclamações sobre teleconferências são tão comuns que um vídeo recente mostrando como seria ridículo o comportamento de pessoas em teleconferências "na vida real" atraiu mais de 6 milhões de visualizações. (link: http://www.youtube.com/watch?v=DYu_bGbZiiQ)

Mas não há nenhum risco de que as teleconferências acabem, porque elas são muito úteis para empresas que lidam com equipes distribuídas em locais de trabalho distantes, horários flexíveis e os altos custos das viagens de negócios. O tempo gasto em teleconferências nos Estados Unidos deve crescer 9,6% ao ano até 2017, de acordo com a firma de pesquisa de mercado Wainhouse Research, de Boston; cerca de 65% de toda as conferências ainda são feitos por chamadas telefônicas.

Há diversas maneiras de solucionar o problema. Por exemplo, quem comanda a reunião deve definir regras mais estritas do que as aplicadas a reuniões nas quais todos estão presentes e manter uma pauta mais concisa e clara. A pessoa que lidera a teleconferência também deve dar mais oportunidade para outros participantes, fazendo mais perguntas e ouvindo mais.

Muitas teleconferências estão dividas entre pessoas numa sala de reunião e outras numa linha telefônica de má qualidade. Isso muitas vezes faz com que os participantes à distância "sintam-se como cidadãos de segunda classe, algo do gênero, 'os mais legais estão lá [na sala]'", diz Laura Stack, uma consultora de produtividade.

Ela aconselha que o líder peça que todos os participantes digam seus nomes antes de comentar qualquer coisa para que quem está na linha possa acompanhar o que está acontecendo. Se alguém conta uma piada e a sala cai na gargalhada, o líder deve "explicar quem disse o quê para que outros entendam e repita a piada", diz Stack.


Um dos maiores problemas com reuniões virtuais é que é difícil construir relacionamentos entre os participantes, um obstáculo citado por 75% dos 3.301 empresários pesquisados em 2012 pela RW3, uma empresa de Nova York que oferece treinamento de liderança e cultura. A ausência de sinais não-verbais, como expressões faciais, deixa muitas pessoas hesitantes em falar e torna mais difícil prestar atenção. Na pesquisa, 71% dos participantes citaram a pouca participação dos outros como um problema das reuniões virtuais.

Para construir relacionamentos, Pearce reserva um pouco de tempo nas teleconferências para que participantes que não se conhecem se apresentem, expliquem seus papéis no projeto em questão e digam qual é o objetivo deles na reunião, diz ela.

Além disso, a pauta e os objetivos de uma teleconferência devem ser mais claros e explícitos que em reuniões locais. "É preciso fazer um roteiro mais conciso" para manter a atenção das pessoas, diz Daniel Mittleman, professor associado de computação e mídia digital da Universidade DePaul, de Chicago. As teleconferências que requerem interação não devem envolver mais que sete a nove pessoas, dizem os especialistas.

Os líderes da teleconferência devem falar menos e ouvir mais que em reuniões com todos presentes, diz Paulo Donehue, presidente do conselho da Paul Charles & Associates, firma americana de consultoria de gestão de vendas. Para uma teleconferência de resolução de problemas, por exemplo, um líder pode falar 40% do tempo e ouvir 60%; já numa reunião com o mesmo propósito na qual todos estão no mesmo local, a média ideal seria de 55% falando e 45% ouvindo, diz Donehue.

O líder deve dedicar a mesma quantia de tempo preparando perguntas aos participantes que elaborando a pauta, diz Donehue. Ele aconselha anotar os comentários dos participantes durante a reunião. Isso ajuda o líder a ouvir atentamente e a prender a atenção dos participantes ao citar o que eles disseram antes.

A gestão de conflitos é mais difícil em teleconferências. Nem sempre é possível dizer quando um participante silencioso está frustrado ou com raiva. Stack diz que, às vezes, há um comportamento passivo-agressivo no silêncio. "Algumas pessoas simplesmente se desligam da conversa, pensando, 'OK, seus bobocas, façam o que vocês quiserem. Eu vou sentar aqui no modo silencioso'." Ela sugere fazer perguntas: "'Jane, você está quieta. Qual a sua opinião?' Algumas vezes, o resultado é uma explosão", mas isso pode abrir a discussão para questões importantes, diz Stack.

Os participantes podem ajudar ao se oferecer para ser um moderador, mantendo as pessoas no tema e de olho no relógio. Delegar o trabalho de moderar e tomar nota pode liberar os líderes para participar e manter as pessoas engajadas, diz Stack. Alguns gestores incentivam qualquer participante a intervir se a pessoa que estiver falando sair do tema e pedir que todo mundo siga a pauta, diz Steven M. Smith, consultor sênior da SolutionsIQ, firma americana de treinamento e consultoria de gestão.

Diferenças de fuso horário podem irritar quem tem que ficar acordado até meia-noite para se reunir com colegas nos EUA, diz Michael Schell, diretor-presidente da RW3. É importante acertar os horários de reunião para ser justo, diz ele. Além disso, as reuniões devem começar imediatamente; levar dez minutos para tomar um café pode parecer normal às 9h em Nova York, mas pode parecer desrespeitoso com um colega na Austrália, que saiu da cama para participar da ligação, diz Schell.

Videoconferências podem resolver alguns dos problemas. A tecnologia está cada vez mais barata e fácil de usar, e um número crescente de aplicativos, como Vidyo e Blue Jeans Network, pode conectar os usuários em uma variedade de dispositivos, incluindo webcams, notebooks, tablets ou smartphones, diz David Coleman, fundador e diretor-gerente do Collaborative Strategies Inc., de San Mateo, na Califórnia.

Por outro lado, a tecnologia pode criar outros desafios. Smith diz que os participantes com menos conhecimento tecnológico, muitas vezes consomem um tempo valioso da reunião aprendendo a usar sistemas desconhecidos.

A videoconferência também pode tornar as pessoas inseguras. Muitas pessoas evitam o vídeo, diz Stack, porque não querem colocar maquiagem ou mudar de roupa. "Não posso contar quantas vezes eu ouvi pessoas dizerem: 'Não sei o que há de errado com a minha câmera. Não posso fazê-la funcionar, então vou participar só com a voz'", diz ela. Fonte The Wall Street Journal.

www.ncm.com.br

20140308

Palestra Liderança Situacional

Palestra Liderança Situacional
www.narcisomachado.com.br
O conceito de liderança situacional consiste da relação entre estilo do líder, maturidade do liderado e situação encontrada. Não existe um estilo de liderança adequado para todas as situações, mas ocasiões e estilos diferentes de gestores.

O modelo de liderança define o comportamento da tarefa, sendo o líder encarregado de dirigir as pessoas, ditando suas funções e objetivos a serem alcançados.

A liderança situacional mostra uma relação entre liderança, motivação e poder, em que o líder estará frequentemente avaliando seus colaboradores e alterando seu estilo de liderança, sendo ela dinâmica e flexível. A liderança situacional busca utilizar modelos diferentes de atuação conforme a situação encontrada.

A liderança situacional busca conciliar a tarefa a ser executada, concedendo orientação e direção do líder aos colaboradores, o apoio emocional através de um relacionamento adequado e o nível de maturidade dos colaboradores.

A maturidade pode ser definida como a vontade e a capacidade de uma pessoa assumir a responsabilidade de dirigir seu próprio comportamento.

Este modo de liderança pode ser dividido em quatro estilos:

• Direção: a liderança ocorre quando o colaborador necessita aprender a tarefa a ser executada, sendo o líder supervisor da tarefa até seu fim, direcionando o colaborador para elaborá-la até conquistar confiança.
• Orientação: este estilo de liderança ocorre quando o colaborador necessita conhecer a tarefa e conquistar um estímulo para execução dela. O líder contribui apoiando a obtenção de novas ideias e disseminando conhecimento quando o colaborador necessite de ajuda.
• Apoio: o líder se encarrega de estimular o colaborador para adquirir segurança e buscar o aprendizado, aumentando suas habilidades e conhecimento, dando mais respaldo para o colaborador executar suas tarefas. O líder presta apoio, porém supervisiona pouco.
• Delegação: ela ocorre quando os colaboradores possuem maior autonomia e liberdade, tendo conhecimento e segurança com as tarefas. O líder mantém um contato com pouca supervisão e pouco apoio. Muitas vezes o colaborador inclusive tem autoridade para decisões de mudanças ambientais conforme o nível hierárquico.

Conforme o perfil do colaborador, o líder deve lidar com cada situação encontrada na organização.
A maturidade do colaborador faz o líder agir de modos diferentes conforme a necessidade.


Criatividade e Inovação. Mudança, Transformação e Visão Estratégica

QUESTÕES QUE SERÃO ESCLARECIDAS NA PALESTRA:
• Como liderar na nova realidade mundial
• Quais são as qualidades e habilidades essenciais do líder da nova geração
• As organizações serão desafiadas como nunca a buscar soluções e desenvolver alternativas para preservar sua competitividade
• Num ambiente como este, são as pessoas e a maneira de liderá-las que farão a diferença e determinarão o sucesso nos negócios
• É através de equipes coesas e em sua mais alta performance que as empresas poderão identificar e aproveitar oportunidades, otimizar os negócios e posicionar-se em um novo patamar competitivo
• A nova realidade mundial exige das pessoas de todas as áreas novos desafios, mudanças, reavaliação do cenário para o efetivo aproveitamento de tendências e oportunidades emergentes
• Esta palestra mostra como as lideranças devem alinhar praticas e conceitos inovadores
• O conhecimento e o treinamento sistemático de líderes e gestores são diferenciais determinantes para a execução da sua estratégia competitiva e podem representar o diferencial para o sucesso nos negócios
• Temas essenciais para a atualização de conceitos, com demonstração de cases e práticas comprovadas por instituições e empresas que fazem a diferença no mundo corporativo
• Como novos conceitos de liderança podem tornar a empresa um organismo inteligente
• Quais são as qualidades que definem um líder
• Quando a liderança faz a máxima diferença
• Como desenvolver sua liderança para obter grandes resultados
• Desenvolvimento de líderes focados no cliente
• O líder como estrategista
• O líder como executor
• O líder como gestor de talentos
• O líder como desenvolvedor de capital humano
• O líder como exemplo pessoal e profissional
• Como liderar com foco estratégico no cliente interno e externo
• É a pessoa na cúpula ou é a equipe que faz a diferença
• Como desenvolver lideranças em seu próprio time
• O que motiva as pessoas a trabalhar com afinco
• O que os líderes podem fazer para motivar contribuições produtivas e inovadoras

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

LIDERANÇA E GESTÃO DE CONFLITOS

LIDERANÇA E GESTÃO DE CONFLITOS
www.ncm.com.br

Este curso é apresentado em três modulos:
Modulo I - LIDERANÇA – Mudança, Transformação e Visão Estratégica
Modulo II - LIDERANÇA NA PRÁTICA EFETIVA para Gestores Supervisores de Equipes
Modulo III- GESTÃO DE CONFLITOS

Curso 100% interativo - Com apresentação diferenciada, descontraída, empolgante.
Neste curso são realizadas dinâmicas, de liderança e conflitos surpreendentes.

Público Alvo: Gestores, supervisores, intraempreendedores e líderes de equipes. A todos os profissionais que desejam aprimorar habilidades nas relações pessoais e profissionais, ampliar visão estratégica e aprimorar a gestão de mudanças e conflitos.

Carga horária: 16 horas - Instrutor: Narciso Machado

Modulo I
LIDERANÇA – Mudança, Transformação e Visão Estratégica

Objetivo: Neste MODULO você verá.
• Como liderar na nova realidade mundial
• Quais são as qualidades e habilidades essenciais do líder da nova geração
• As organizações serão desafiadas como nunca a buscar soluções e desenvolver alternativas para preservar sua competitividade.
• Num ambiente como este, são as pessoas e a maneira de liderá-las que farão a diferença e determinarão o sucesso nos negócios.
• É através de equipes coesas e em sua mais alta performance que as empresas poderão identificar e aproveitar oportunidades, otimizar os negócios e posicionar-se em um novo patamar competitivo.

Foco: Visão Estratégica – Mudança – Transformação – Inovação

Conteúdo
• A nova realidade mundial exige das pessoas de todas as áreas novos desafios, mudanças, reavaliação do cenário para o efetivo aproveitamento de tendências e oportunidades emergentes.
• Este curso mostra como as lideranças devem alinhar praticas e conceitos inovadores.
• O conhecimento e o treinamento sistemático de líderes e gestores são diferenciais determinantes para a execução da sua estratégia competitiva e podem representar o diferencial para o sucesso nos negócios.
• Temas essenciais para a atualização de conceitos, com demonstração de cases e práticas comprovadas por instituições e empresas que fazem a diferença no mundo corporativo

Programa
• Como novos conceitos de liderança podem tornar a empresa um organismo inteligente
• Quais são as qualidades que definem um grande líder
• Quando a liderança faz a máxima diferença
• Como desenvolver sua liderança para obter grandes resultados

DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES FOCADOS NO CLIENTE
• O líder como estrategista
• O líder como executor
• O líder como gestor de talentos
• O líder como desenvolvedor de capital humano
• O líder como exemplo pessoal e profissional
• Como liderar com foco estratégico no cliente interno e externo
• Como criar um clima de envolvimento dos liderados com a organização, a marca, produtos e serviços ao cliente
• É a pessoa na cúpula ou é a equipe que faz a diferença
• Como desenvolver lideranças em seu próprio time
• O que motiva as pessoas a trabalhar com afinco
• O que os líderes podem fazer para motivar contribuições produtivas e inovadoras
• Quais são os melhores planos de trabalho, planos de remuneração e métodos de promoção
• O que é necessário para tomar decisões bem fundadas na hora certa

AS QUALIDADES E HABILIDADES ESSENCIAIS DO LÍDER DA NOVA GERAÇÃO
• Liderança em um contexto em constante transformação
• Liderança na nova ordem mundial – meio ambiente – energia – economia – ação social
• Liderança em todos os níveis da empresa
• Como aproveitar o espírito, a criatividade e a inteligência coletiva da equipe

COMO CONSEGUIR RESULTADOS EXTRAORDINÁRIOS COM PESSOAS
• As pessoas e a cultura como fontes importantes do sucesso organizacional
• Por que muitas empresas não implementam as melhores práticas de gestão de pessoas
• Como harmonizar a estratégia do negócio e as práticas de liderança e gestão para obter alinhamento e consistência
• Como líderes eficazes entendem a importância das emoções e de envolver o coração das pessoas, não apenas a mente
• Como eliminar o medo dentro da organização
• Quais são as habilidades de liderança necessárias para obter o envolvimento dos funcionários e reter talentos

GESTÃO DA LIDERANÇA
• Como administrar as mudanças em um mundo complexo
• Os novos fatores e tendências para garantir o alto desempenho
• A gestão da mudança e a necessidade da empresa inovar para manter a competitividade
• Ambientes em movimento: economia mundial, redes de relacionamento, meio ambiente, pressão para mudar
• Como sobreviver aos ciclos do ambiente de negócios, reforçar a confiança e reter talentos
• Como equipes de alto desempenho lidam com situações difíceis
• Adquirindo confiança para vencer: como os melhores líderes se preparam para o futuro
• As diferenças entre vencedores - perdedores – responsabilidade – colaboração – proatividade – adaptabilidade
• Como colocar o propósito no coração da estratégia
• Liderança inovadora
• Como liderar num mundo reconfigurado
• O líder de vanguarda - estrategista para alianças globais
• Como entender as mudanças externas e antecipar-se a elas
• Como traduzir a estratégia em prioridades e ações precisas
• Como capacitar pessoas e a organização para a velocidade e a flexibilidade
• Como unir pessoas, estratégias e operações

COMO DECIDIR
• Por que o discernimento é essencial para tomada de decisões
• Como estabelecer um processo, para decidir corretamente com consistência
• As fases do processo de discernimento: a preparação - a decisão - a execução
• Como identificar momentos cruciais de discernimento pessoal em 3 áreas críticas: pessoas – estratégia – crise
• Como reconhecer o momento crítico antes de uma decisão
• Como aperfeiçoar o seu discernimento e aumentar as chances de sucesso em suas decisões
• Como o surgimento de novas e poderosas tecnologias estão alterando radicalmente a natureza do trabalho, as fronteiras da empresa, a competição e as responsabilidades de seus líderes
• Como as empresas estão sendo afetadas pelas tecnologias sociais
• Quais são as novas ferramentas que facilitam a obtenção de conhecimentos, a coletivização da inteligência, a localização de expertise e a formação de redes sociais estratégicas para resultados efetivos
• Como os líderes podem utilizar essas tecnologias para reconfigurar a organização e inspirar as pessoas
• Quais são as características das lideranças em uma era de tecnologias de ruptura

Modulo II
LIDERANÇA NA PRÁTICA EFETIVA para Gestores Supervisores de Equipes
Objetivo: Neste MODULO você saberá que, não basta apenas o conhecimento técnico e teórico, é preciso desenvolver a competência em liderar.

A sensibilidade do Líder permite estabelecer empatia com os membros do grupo, o que facilita seu trabalho de motivar, incentivar, ouvir e encontrar formas de colocar em ação as ideias que surgem.
O Líder se destaca pela capacidade de desenvolver os liderados, agindo como coach e obtendo assim respeito pelo grupo.
Um gestor deve conhecer todos os seus colaboradores; identificar quais são as potencialidades e as oportunidades de melhoria em cada um deles; descobrir quem são os potenciais líderes e como fazer com que seus liderados resolvam os desafios que surgem no dia a dia.

Este treinamento objetiva proporcionar ferramentas para aprimorar o papel do gestor de equipes, focando o gerenciamento de metas, a capacitação da equipe, a geração de estímulos de motivação para seus liderados e medição dos resultados através de indicadores de desempenho.
Fortalecer as características essenciais da liderança: planejamento, comunicação, relacionamento interpessoal, coaching e administração de conflitos, através do estímulo ao comportamento motivado dos liderados, favorecendo a performance da equipe.

Aprimorar a comunicação interpessoal, reconhecendo o potencial e as dificuldades de cada participante, oferecendo métodos capazes de aprimorar e fortalecer relacionamentos duradouros.
Desenvolver e aprimorar a comunicação em equipe.
Refletir sobre as novas tendências e as ondas de mudanças para a liderança e a compreensão dos quadrantes da mudança.

Discutir os impactos da cultura organizacional e o seu efeito transformador nas relações internas no ambiente de trabalho como poderoso instrumento aglutinador de energias entre pessoas.
Refletir sobre a importância do estabelecimento de objetivos para se atingir resultados mensuráveis.
Gerar estímulos para motivação pessoal e das equipes e fortalecer o processo de comunicação inter e intradepartamental.

Gerar melhores resultados em negociações através do uso prático da programação neurolinguística.
Exercitar a utilização de práticas de coaching no exercício de sua liderança garantindo o desenvolvimento de comandados.
Desenvolver competências necessárias para que gestores fortaleçam a relações para os grupos atuarem como equipes.

Metodologia: Altamente participativa, com estudo de situações reais, análise de casos e cenas de filmes para aprimoramento dos estilos de liderança e das competências chave essenciais para o crescimento profissional e sua contribuição aos resultados da organização. Discussão sobre o papel do Líder na construção do clima motivacional, essencial ao desenvolvimento do espírito de equipe.

Programa
• A velocidade das mudanças no ambiente empresarial
• A necessidade de desenvolver Competências
• O novo perfil do Gestor
• Habilidades necessárias ao papel:
• Técnicas/Humanas/Conceituais
• Diferenças entre chefes e líderes na prática
• Estilos de liderança:
• A visão do ser humano determinando o estilo
• Adequando o estilo aos diferentes níveis de maturidade da equipe
• Comunicação Empresarial
• O Processo de comunicação dentro das organizações
• Comunicação Interpessoal
• Comunicação assertiva
• A comunicação como diferencial competitivo
• Os problemas mais comuns na comunicação
• A interferência da hierarquia e a departamentalização
• Aprimorando a competência de comunicação
• Feedback construtivo
• Reconhecendo desempenhos diferenciados

Modulo III
GESTÃO DE CONFLITOS

Objetivo: Neste MODULO, você vai aprender formas de analisar comportamentos e compreender as bases mais importantes dos relacionamentos. Buscar o melhor de todos para estabelecer relacionamentos profissionais em novo patamar de qualidade e resultados.
O Relacionamento Interpessoal é uma das inúmeras variáveis que interferem na produtividade, na comunicação, na construção da confiança e na cooperação entre as pessoas gerando consequências aos resultados organizacionais.

Promover o autoconhecimento para que as pessoas possam melhor reconhecer - a si e aos outros, aliviando tensões no trabalho e na vida pessoal, tornando-se mais produtivas e motivadas.
Uma oportunidade de reflexão sobre os papéis que assumimos nas relações, as emoções envolvidas, como lidar com preconceitos e estereótipos, a administração de conflitos e a responsabilidade de cada um em relação ao ambiente de trabalho.
Compreender a dinâmica dos comportamentos das pessoas e das interações, nos relacionamentos difíceis.

Destacar papéis, atitudes e comportamentos mais adequados diante de pessoas e situações difíceis.
Apresentar técnicas para lidar com os comportamentos “difíceis”.
Preparar pessoas para melhor compreenderem a si mesmas e aos outros, favorecendo as relações interpessoais no exercício dos papéis pessoal e profissional, proporcionando condições, que sejam facilitadoras, para a prática de comportamentos e atitudes assertivas.

Aprimorar as habilidades de comunicação dos participantes, enfatizando a comunicação verbal e a não verbal, como condições de aprimoramento nas relações humanas, reconhecendo o potencial e as dificuldades de cada participante, oferecendo métodos capazes de aprimorar e fortalecer relacionamentos duradouros.
Desenvolver nos participantes a importante competência de dar e receber feedback de modo assertivo em ambientes de trabalho.

Identificar, analisar e fornecer ferramentas que possibilitem trabalhar as situações de divergências e conflitos, eliminando tensões e gerando empatia para o êxito e a excelência dos relacionamentos.
Fornecer aos participantes formas de aprimorar as relações interpessoais por meio de métodos estudados da psicologia social, tanto individual como coletivo.
Estimular o reconhecimento do potencial e as dificuldades para se trabalhar com pessoas.

Foco: Ações e atitudes comportamentais que afetam a interação nas organizações. Relacionamentos Difíceis no Trabalho. Relações Interpessoais e Conflitos. Inteligência Interpessoal

Metodologia: Altamente participativa, com apresentação expositiva de conceitos e reflexões, estudo de situações reais, análise de casos, cenas de filmes apropriadas aos conceitos tratados e instrumentos de auto percepção para aprimoramento dos estilos de liderança e das competências chave essenciais para o crescimento profissional e sua contribuição aos resultados da organização.

Programa
OS CONFLITOS
• Origem, tipos, formas e fatores que contribuem para criação e desenvolvimento de conflitos
• Administração de conflitos
• Interpessoais e intergrupais
• O papel do líder no gerenciamento de conflitos
• Geração de consenso
• Fatores que facilitam a aceitação da liderança por parte da equipe e geram motivação
• Construindo equipes vitoriosas através da liderança motivada
• Analisando interativamente os relacionamentos
• Crenças e valores individuais e grupais
• Compreendendo as pessoas
• Interpretando comportamentos
• Empatia - conferindo credibilidade e segurança a si próprio
• Competência interpessoal:
• Técnicas para ter autocontrole e seus caminhos práticos
• Desenvolvendo sua competência comunicativa: declarando suas necessidades e sentimentos
• Como adotar comportamentos favoráveis a administração eficaz dos conflitos como: autocontrole, empatia, respeito e comunicação verbal e não verbal adequadas
• Como desenvolver um plano de ação e capacitação para melhoria das relações interpessoais

RELACIONAMENTOS DIFÍCEIS NO TRABALHO
• Como identificar pessoas difíceis
• Como entender a diversidade
• Dinâmica das dificuldades interpessoais
• Papéis que atuam ampliando as dificuldades
• Papel que atua resolvendo dificuldades interpessoais
• Aceitar, revoltar-se ou conformar-se
• Comunicação que qualifica ou desqualifica
• Questão da confiança na comunicação – coerência entre discurso e prática
• Perfil e estilos de atitudes que influenciam no tipo de relacionamento
• Comunicação assertiva nos relacionamentos difíceis
• Como ter atitude e comportamento positivos nos relacionamentos difíceis

RELAÇÕES INTERPESSOAIS E CONFLITOS
• Competência Interpessoal
• Complementações adequadas e inadequadas dos papéis
• Preparando para entender os Conflitos
• Preconceitos e Estereótipos
• Hostilidades e atritos pessoais
• Empatia: reconhecer as emoções nos outros
• Visão tradicional e visão atual de Conflitos
• Fontes de Conflitos Organizacionais
• Métodos de Administração dos Conflitos:
• Estímulos – Redução - Solução
• Tipos de Conflitos: positivos e negativos
• Identificação e análise das manifestações conflituosas
• Como trabalhá-las: superação de conflitos
• Feedback como instrumento de relações
• Como dar e como receber
• Habilidades e Dificuldades
• Reavaliando comportamentos e atitudes
• A coresponsabilidade - gerentes e subordinados, na criação e manutenção de um clima de harmonia nas relações humanas no trabalho

INTELIGÊNCIA INTERPESSOAL
• Evolução do homem e os conflitos
• Compreensão e auto análise de atitudes básicas : Saber escutar sem julgar; saber separar a pessoa do problema; ser você mesmo; ter senso de comunidade; compartilhar poder e valorizar o crescimento das pessoas
• Técnicas para ter autocontrole – caminhos práticos
• Assertividade : Uma filosofia de vida capaz de oferecer relações saudáveis e produtivas
• Os caminhos do conflito: Agressão - Submissão
• Desenvolvendo sua competência comunicativa
• Negociando de forma personalizada para ter relacionamentos duradouros
• Como adotar comportamentos favoráveis como autocontrole, empatia, respeito,comunicação verbal e não verbal adequada
• Analisando interativamente os relacionamentos
• Crenças e valores individuais e grupais
• Percebendo a si e ao outro
• Relacionamentos como fator decisivo para o desenvolvimento pessoal
• Compreendendo as pessoas
• Demonstrando interesse pelo outro
• Interpretando comportamentos
• Empatia - conferindo credibilidade e segurança a si próprio
• Competência interpessoal: Eu e os outros
• Qual o seu nível de inteligência interpessoal?
• Auto percepção da sua competência interpessoal
• Como desenvolver sua inteligência interpessoal
• Compreensão e auto análise de atitudes básicas: saber escutar sem julgar; saber separar a pessoa do problema; ser você mesmo; ter senso de comunidade; compartilhar poder e valorizar o crescimento das pessoas
• Técnicas para ter autocontrole e seus caminhos práticos
• Desenvolvendo sua competência comunicativa: declarando suas necessidades e sentimentos
• Como adotar comportamentos favoráveis a administração eficaz dos conflitos: autocontrole – empatia - respeito - comunicação verbal e não verbal
• Resolução criativa de conflitos

GESTÃO DE MUDANÇAS
• Definição de cenários - antigo x atual na função da liderança
• Processo de mudança organizacional
• A mudança através das pessoas
• A importância da Visão de Futuro na Obtenção de Resultados
• Estabelecimentos de objetivos
• Critérios necessários quanto à definição de objetivos
• Alinhando os vetores
• Definição de estratégias
• Aplicação de planos táticos
• Critérios na mensuração de resultados
• Indicadores de desempenho
• Percepção do Líder
• O processo perceptivo
• As barreiras do processo criativo
• Como aplicar técnicas de Motivação
• Empowerment
• Como gerar estímulos para motivação da equipe
• Como lidar com subordinados com diferentes níveis de motivação e maturidade
• Métodos, técnicas e dinâmicas para ajustar relacionamentos interpessoais nas empresas
• Conceitos sobre programação neurolinguística
• Como negociar e vender ideias para visuais, auditivos e cinestésicos

ADMINISTRAÇÃO DO STRESS
• Coaching
• O papel do líder coach
• Como desenvolver competências (técnicas, humanas e conceituais) na equipe
• Competências mais exigidas na atualidade
• Elaboração de plano de ação de coaching
• Dinâmica vivencial em coaching
• Aplicação prática das técnicas de coaching para gestores supervisores de equipes.

* Este treinamento é realizado exclusivamente In Company.
** Este programa esta disponível sob forma individualizada (Coaching) consulte-nos.
www.ncm.com.br

NEGOCIAÇÃO para Vendedores - Fechamento de vendas

NEGOCIAÇÃO para Vendedores - Fechamento de vendas
www.ncm.com.br

Objetivos:
• Negociação Para Profissionais de Vendas.
• Como compartimentar ações de Vendas e Negociação.
• As competências essenciais para negociadores.
• As diferenças entre Táticas e estratégias de negociação e vendas.
• Como cativar e encantar clientes em negociações comerciais.
• Comportamento do consumidor final e comprador organizacional.

Você aprenderá técnicas e estratégias que irão aprimorar sua capacidade de negociar.

• Neste curso são analisados e discutidos todos os procedimentos e desdobramentos das negociações, com sólida base de conhecimento e experiência para todos aqueles que precisam influenciar pessoas, ações e reação, intermediar diferenças de opiniões e valores entre uma ou mais partes, buscando um acordo.
• Compra e venda (produtos e serviços) Comercial, Industrial e de Serviços.
• Compreensão e satisfação de clientes.
• Entendimento, Acordo e Convergência nos Negócios.
• Identificar e analisar posturas pessoais frequentes em negociação.
• Instrumentalizar o participante com uma abordagem atualizada e eficaz, baseada em uma sinergia entre os componentes técnicos e emocionais, preparando-o assim para enfrentar cenários competitivos e conseguir realizar uma boa negociação.
• Aprimorar a habilidade de negociação dos participantes para atuarem na área comercial e técnica, desenvolver visão sistêmica do processo com foco em resultados.
• Ampliar a compreensão do ambiente de negócios e do contexto organizacional.
• Fortalecer o papel de negociador alinhado aos objetivos da empresa.

Foco: Negócios, Desafios, Metas e Resultados.

Conteúdo: Técnicas, Estratégias e Habilidades Comportamentais que fazem a diferença positiva em mercados altamente competitivos.

Metodologia: Técnica de Sintonia Fina nas ações de relacionamento e negócios.

Público Alvo: Negociadores. Dirigentes, Executivos, Gerentes, Supervisores, Empresários, Empreendedores. Profissionais Liberais. Profissionais de Marketing e Vendas. Profissionais de Suporte a Vendas e especialistas Técnicos com atuação comercial, atendimento e relacionamento com clientes.

Carga Horária: 8 horas. - Instutor: Narciso Machado

Programa:
O programa é composto de três módulos:

1º. Modulo - TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO
• Quando termina a venda e começa a negociação
• Os principais aspectos da negociação. Planejamento
• As fases da negociação
• Argumentação e persuasão aplicadas taticamente
• Como e quando negociar a renovação de um contrato
• Tomada de decisões internas e externas, Prazos de entrega, resultados financeiros
• Como lidar com diferentes Estilos de Negociação
• Regras para fazer concessões
• Como administrar conflitos
• Como justificar e valorizar o seu Preço
• Como agregar valor, fortalecer e despertar interesse nas suas propostas comerciais
• Guia para planejamento de negócios e vendas de produtos e serviços
• Diferenças entre Vendas e Negociação

2º. Modulo - ESTRATÉGIAS
• Os princípios básicos para uma negociação eficaz;
• As formas de negociação competitiva e colaborativa;
• As necessidades reais da outra parte;
• Tabelas de preços;
• Margens de negociação;
• Como são treinados os compradores profissionais;
• Como usar e aplicar medidas de contra-ataque
• Como superar objeções
• Como redigir propostas vencedoras
• Táticas e estratégias para fechamento de negócios
• As etapas da negociação
• Os poderes do negociador
• Características do negociador eficiente
• Como negociar um aumento de preço
• Como utilizar estratégias e habilidades de relacionamento
• Táticas e estratégias de negociação
• Metas, objetivos, percepção de detalhes, Comprometimento, integração, autonomia

3º. Modulo - HABILIDADES COMPORTAMENTAIS
• Regras para interpretar eficazmente as pessoas
• Erros mais comuns dos negociadores
• Postura e apresentação do negociador
• Como adaptar-se para cada tipo e estilo de negociação
• Persuasão, como satisfazer sem se deixar dominar
• O uso do Poder Pessoal para ser percebido como um Consultor de Soluções
• A linguagem corporal
• A capacidade de entender diferentes Pontos de Vista
• Como diferenciar Exigências de Necessidades
• Como lidar com Táticas de Pressão
• Como manejar o Impasse na Negociação
• Os erros mais comuns de negociação e como evitá-los;
• Como lidar com os obstáculos e evitar o impasse;

Cases: Demonstração, análise e debates de casos reais.
Fatores de Fracasso x Fatores de Sucesso na negociação.

* Este treinamento é realizado exclusivamente In Company, com conteúdo e exercícios direcionados para o perfil da empresa seus produtos e serviços.
** Este programa esta disponível sob forma individualizada (Coaching) consulte-nos.
www.ncm.com.br

Vendas Revitalizaçao Estratégias Competitivas Produtividade Resultados

Vendas, Revitalização, Estratégias Competitivas, Produtividade, Resultados
www.ncm.com.br

A NCM tem profissionais com experiência comprovada e especializados em soluções para revitalizar área comercial, acelerar ações visando melhoria de resultados nos negócios e na execução de estratégias.
ONDE PODEMOS AJUDAR A SUA EMPRESA ?

Agilizando o desempenho e produtividade na velocidade requerida pelos negócios e em todas as áreas onde a empresa ainda não atingiu todo o potencial.

Qualificando equipes para acelerar a criação e aproveitamento de tendências e oportunidades de negócios.

Desenvolvendo planos de negócios e contingências operacionais, expansão e manutenção dos ativos de relacionamento, melhorando a positivação de clientes e negócios.

Ativando a gestão da execução com foco no crescimento estratégico, objetivando a conquista de maior participação no mercado, competitividade frente aos concorrentes, surpreendendo positivamente os clientes.

Inovando métodos e sistemas de relacionamento comercial, criando formas para expansão e desenvolvimento dos negócios.
SOLUÇÕES CUSTOMIZADAS NO PERFIL E PORTE DA SUA EMPRESA

Força de vendas, canais e distribuição. Planejamento, execução com agilidade e competitividade
Gestão de pessoas, foco em produtividade e otimização de resultados. Liderança participativa
Expansão de negócios, mercados, produtos e serviços. Redução de custos. Métricas ROI
Inteligência comercial forte e competitiva. Modelagem do negócio com foco na competitividade
Capacitação e qualificação de equipes. Acompanhar velocidade do mercado, superar concorrentes
Equipe comercial forte em conhecimento, habilidade de relacionamento e atitude competitiva
Gestão estratégica integrando planejamento financeiro e operacional. Comprometimento coletivo
Implantação e acompanhamento de ações competitivas. Planejamento, Vendas, Negociação, Marketing
Produtividade industrial, comercial e serviços. Pessoas e processos operacionais. Desenvolvimento lideranças
Revitalização da empresa a partir da Gestão de Pessoas com melhoria de performance individual e coletiva
Gestão da execução (fazer acontecer) colocar a estratégia em ação.

Na NCM Business Intelligence você tem soluções com:
•Atendimento Pessoal•Garantia de Sigilo•Experiência Comprovada
•Eficiência e Realismo com Metodologia Prática e Objetiva•Parceria, Confiança e Credibilidade
Entre em contato para agendar reunião e conhecer as vantagens e benefícios para sua empresa.

20140307

Palestra Venda Diferenciada - Produtos valor agregado

Palestra Venda Diferenciada - Produtos valor agregado
www.narcisomachado.com.br

Esta palestra é especial, para profissionais que atuam no segmento de produtos e serviços com clientes que exigem tratamento diferenciado
pela sofisticação, exclusividade, perfil de atendimento, tecnologia, inovação e alto valor agregado

• Existem situações que exigem apresentação de vendas qualificada onde predomina exclusividade e alto valor agregado

• Marcas especiais, produtos e serviços selecionados, classe e sofisticação para clientes qualificados
• Técnicas, estratégias e habilidades que fazem a diferença positiva da venda qualificada
• Quais são os diferenciais competitivos da venda qualificada
• Como interpretar eficazmente as reações dos clientes qualificados
• Como adequar postura e imagem profissional para clientes qualificados
• Quais as necessidades e padrões de avaliação dos clientes qualificados
• Como ser o tipo de vendedor, com quem clientes qualificados gostam de fazer negócios
• Como transmitir emoção e entusiasmo para clientes céticos, calados e altamente críticos
• Como desenvolver a capacidade de convencer as pessoas de que:
"o que você tem a dizer é importante para elas?"
• Como fazer perguntas? Como argumentar?
• Quais palavras e expressões ajudam a vender melhor?
• Relações humanas, porque às vezes não funciona com clientes sofisticados
Cases: Demonstração, análise e debates de casos reais.

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra
Palestra Venda de Serviços - Diferencial Competitivo
www.narcisomachado.com.br

Nesta palestra são demonstradas as melhores práticas para gestão de relacionamento com clientes para venda de serviços
• Técnicas, Estratégias e Habilidades Comportamentais que fazem a diferença positiva na venda de serviços
• O que diferencia as ações, práticas e estratégias dos prestadores de serviços
• Abordagens de sucesso nas vendas de serviços
• O composto do marketing de serviços e como executar
• Como superar as objeções nas vendas de serviços
• Como agregar valor, manter clientes e diferenciar ações de serviços agregados aos produtos
• Como gerar resultados no pós-vendas de serviços
• Concorrência e competitividade nos serviços
• A ativação do marketing para empresas de serviços
• Táticas e estratégias segmentadas para produtos e serviços
• Clientes, necessidades, desejos e satisfação através de serviços com valor agregado
• Manutenção e recuperação de Ativos de relacionamento
• Os erros e acertos das empresas de serviços
• Perfil dos profissionais que atuam na prestação de serviços
• Motivos que se perdem vendas de serviços
• Requisitos essenciais para uma boa prestação de serviços
• Criatividades nas vendas de serviços

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

Palestra Venda Consultiva

Palestra Venda Consultiva - Sintonia Fina com Clientes
www.narcisomachado.com.br
SINTONIA FINA é a capacidade de convencer as pessoas de que aquilo que você tem a dizer é importante para elas.

SINTONIAFINA é a evolução na forma de executar a venda consultiva.

SINTONIA FINA possibilita mudança de postura de "Vendedor " para "Consultor de Soluções"
• Palestra participativa, onde criamos um ambiente dinâmico para o aprendizado e troca de experiências
• Venda Técnica. Venda Qualificada. Alta especialização que gera diferencial competitivo. • Venda de produtos com tecnologia, serviços e valor agregado.
• Gestão competitiva do ciclo de vendas passando por pré venda, venda, pós venda e ações de relacionamento com os clientes.
• Melhorar índice de fechamento de negócios com vendas complexas e/ou clientes difíceis.

• Estratégias e Habilidades Comportamentais que fazem a diferença positiva em negócios competitivos.

• SINTONIA FINA é o diferencial da atitude comportamental na execução da venda consultiva
• Por que aprimorar as técnicas de Venda Consultiva
• Como executar com Sucesso Vendas Complexas
• Papel do vendedor - o que o cliente realmente espera do vendedor consultivo
• Como conhecer melhor o cliente através do entendimento de seu "negócio"
• Como "Vender a Visita"
• Como começar uma entrevista consultiva com clientes
• Como prospectar clientes eficazmente
• Como Aumentar Valor do Produto/Serviço na Mente e Coração do Cliente
"Share of Mind" e "Share of Heart"
• Linguagem Reativa x Pró-ativa
• Como as pessoas se defendem nos contatos iniciais de vendas
• Quais são os medos mais frequentes dos clientes
• Ações Estratégicas em Vendas consultivas
• Como identificar oportunidades de negócio que o cliente desconhece
• Estratégias com perguntas consultivas
• Como criar e utilizar elementos que prendam a atenção do cliente
• Como criar um clima que possibilite "O Cliente ir Fechando a Compra"
• Como executar a venda, negociar, fechar o negócio e manter clientes

COMO SER UM PROFISSIONAL DE ALTA PERFORMANCE
Conhecimento + Competências • Visão Estratégica • Conhecimentos Específicos • Capacidade de Análise • Trabalho em Equipe • Liderança • Comunicação • Marketing • Vendas • Atendimento • Negociação • Aprendizagem • Proatividade • Adaptabilidade
Habilidades • Comunicação • Apresentação em Público • Capacidade de Realização Ações e Atitudes com Técnicas de Sintonia Fina • Atitudes • Carisma • Intraempreendedorismo • Foco Determinado • Metas • Resultados

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

Palestra Motivação anti conflitos no mundo corporativo

Palestra Motivação anti conflitos no mundo corporativo
www.narcisomachado.com.br

Palestra comportamental divertida, analisa as mudanças e seus reflexos no mundo corporativo.
• As crises, conflitos, picuinhas, ciúmes e outras coisinhas que abalam o comportamental no ambiente de trabalho
• De forma descontraída o palestrante discorre sobre as relações pessoais e profissionais provocadas pelas mudanças que geram alterações do clima organizacional
• O Relacionamento Interpessoal é uma das inúmeras variáveis que interferem na produtividade, na comunicação, na construção da confiança e cooperação entre as pessoas gerando consequências aos resultados organizacionais
• Promover o autoconhecimento para que as pessoas possam melhor reconhecer - a si e aos outros, aliviando tensões no trabalho e na vida pessoal, tornando-se mais produtivas e motivadas
• Uma oportunidade de reflexão sobre os papéis que assumimos nas relações, as emoções envolvidas, como lidar com preconceitos e estereótipos, a administração de conflitos e a responsabilidade de cada um em relação ao ambiente de trabalho
• Compreender a dinâmica dos comportamentos das pessoas e das interações, nos relacionamentos difíceis
• Destacar papéis, atitudes e comportamentos mais adequados diante de pessoas e situações difíceis
• Apresentar técnicas para lidar com os comportamentos “difíceis”
• Preparar pessoas para melhor compreenderem a si mesmas e aos outros, favorecendo as relações interpessoais no exercício dos papéis pessoal e profissional, proporcionando condições, que sejam facilitadoras, para a prática de comportamentos e atitudes assertivas
• Aprimorar as habilidades de comunicação dos participantes, enfatizando a comunicação verbal e a não verbal, como condições de aprimoramento nas relações humanas, reconhecendo o potencial e as dificuldades de cada participante, oferecendo métodos capazes de aprimorar e fortalecer relacionamentos duradouros
• Desenvolver nos participantes a importante competência de dar e receber feedback de modo assertivo em ambientes de trabalho
• Identificar, analisar e fornecer ferramentas que possibilitem trabalhar as situações de divergências e conflitos, eliminando tensões e gerando melhorias no ambiente.
• Fornecer aos participantes formas de aprimorar as relações interpessoais por meio de métodos e análise situacional individual como coletiva
• Estimular o reconhecimento do potencial e as dificuldades para se trabalhar com pessoas
• Origem, tipos, formas e fatores que contribuem para criação e desenvolvimento de conflitos
• Administração de conflitos, interpessoais e intergrupais
• Geração de consenso
• Técnicas para ter autocontrole e seus caminhos práticos
• Desenvolvendo sua competência comunicativa: declarando suas necessidades e sentimentos
• Como adotar comportamentos favoráveis a administração eficaz dos conflitos como:
autocontrole, empatia, respeito e comunicação verbal e não verbal adequadas
• Como desenvolver um plano de ação e capacitação para melhoria das relações interpessoais
• Como identificar pessoas difíceis
• Como entender a diversidade
• Dinâmica das dificuldades interpessoais
• Fontes de Conflitos Organizacionais
• Palestra altamente participativa, com apresentação expositiva de conceitos e reflexões, estudo de situações reais, análise de casos, cenas de filmes apropriadas aos conceitos tratados e instrumentos de auto percepção para aprimoramento dos estilos de liderança e das competências essenciais para o crescimento profissional e sua contribuição aos resultados da organização.

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra

Palestra Motivação e Atendimento

Palestra Motivação e Atendimento
www.narcisomachado.com.br

Palestra motivacional para profissionais de atendimento que lidam com pessoas em diversas situações
• Atender clientes difíceis, complicados e irritados
• Atuar sob pressão no limite da resiliência
• O palestrante demonstra de forma lúdica diversas situações e mostra como proceder para obter resultados positivos
• As ações e reações dos diferentes tipos de clientes
• A palestra tem texto descontraído ilustrado com musicas para interação com o público
• O palestrante demonstra a necessidade de atender bem os Clientes, porque apesar de todas as dificuldades, devemos sempre ter em mente a expressão realista de que “CLIENTES PRECISAMOS DE VOCÊS”.

CLICK AQUI para solicitar orçamento de palestra